,
Pesquisar
Close this search box.
Marca+

IA avança no cenário esportivo e espera-se receitas bilionárias com isso

Lucas Morais, Jean Felipe em 14/abr/24, atualizado 14/abr/24 às 18h – Compartilhe
Técnicos usando tablet para simular as jogadas. Arquivo do Unslash.
Técnicos usando tablet para simular as jogadas. Arquivo do Unslash.

Em 2023, o setor de “tecnologia esportiva” alcançou um marco histórico em receitas, registrando mais de US$ 37 bilhões em negócios e arrecadando US$ 7 bilhões para fundos de investimento, conforme revelado pelo novo relatório do banco de investimento Drake Star.

No caso, tecnologia esportiva é o uso de ferramentas, equipamentos e métodos inovadores que buscam melhorar o desempenho dos atletas, além de aprimorar as transmissões esportivas e enriquecer a experiência dos torcedores.

Segundo o estudo da Drake Star, mais de mil grandes acordos financeiros que foram fechados ao longo do ano passado, incluíram algum componente relacionado à tecnologia esportiva. Esse fato corrobora com as altas expectativas do mercado para o segmento tecnológico. Várias áreas serão afetadas com o aumento da tecnologia no esporte e todas elas têm potencial de proporcionar ótimas experiências tanto para torcedores, quanto para aqueles que trabalham com esporte.

O futuro bilionário da inteligência artificial (IA) no mercado esportivo

O advento da IA foi um marco de inovação para grande parte dos setores econômicos de todo o mundo. E o esporte não ficou alheio a isso, ao menos é o que se mostra em um relatório de uma das empresas mais importantes do segmento de tecnologia esportiva, a Globant. A empresa firmou parcerias importantes nos últimos anos, como no caso em que patrocinou da Copa do Mundo Feminina sediada na Nova Zelândia.

No ano anterior, a Globant divulgou um acordo com a LaLiga e a Microsoft para criar ferramentas destinadas a treinamentos, envolvimento de fãs e transmissões, inicialmente voltadas para o futebol, mas com planos de expansão para outros esportes posteriormente. A parceria entre a liga espanhola e a Globant resultou na criação de uma joint venture chamada LaLiga Tech, que foi lançada em 2022.

Toda essa dedicação à inteligência artificial tem um propósito claro: é um mercado em franca expansão que ainda está longe de atingir todo seu potencial. Conforme revelado pelo relatório “A IA está mudando o jogo“, da Globant, observa-se um crescimento em média de 30% a cada ano. A estimativa é de que esse setor alcance movimentações de US$ 19 bilhões até 2030, o que levaria todo o mercado de tecnologia esportiva a movimentar mais de US$ 50 bilhões nos próximos anos.

A IA pode alterar completamente a forma com que os fãs interagem com o esporte

A tecnologia muda a forma como as organizações esportivas e as marcas patrocinadoras se conectam com os fãs. Legendas traduzidas em tempo real, reels personalizados automaticamente e resumos de jogos inclusivos, adaptados a uma variedade de interesses, são algumas das ferramentas disponíveis, permitindo um contato mais próximo com os torcedores.

IA avança no cenário esportivo e espera-se receitas bilionárias com isso
Estádio de beisebol durante o dia. Arquivo do Unsplash.

Cada vez mais, tecnologias com a IA estão ajudando a remover os intermediários entre os torcedores e seus ídolos. Graças a isso é muito fácil ter acesso, hoje em dia, a conteúdos que não são somente ligados ao esporte preferido dos torcedores, mas também são personalizados, focados exclusivamente para os diferentes perfis de cada fã.

Outra área que tende a ser amplamente impactada com o avanço da tecnologia no esporte é a dos patrocínios. O mesmo relatório da Globant, prevê que, em cinco anos, pelo menos um quarto das atividades atualmente realizadas por 74% dos profissionais de marketing serão automatizadas por meio da tecnologia. Isso não significa que haverá necessariamente uma demissão em massa no setor, mas sim uma demanda maior por mão de obra mais qualificada.

Tal tecnologia relacionada a um algoritmo avançado naturalmente deve ajudar também na criação de campanhas publicitárias, por exemplo, sugerindo dados demográficos e os canais disponíveis mais apropriados, assegurando que a mensagem alcance o público-alvo desejado.

Apesar do otimismo, ainda há desafios

Embora a IA represente um avanço importante, ainda existem muitos desafios e um longo caminho a ser explorado. É essencial um planejamento estratégico cuidadoso antes de adotar tecnologias caras mesmo que relativamente de curto prazo, como a inteligência artificial, para garantir que os investimentos tragam resultados antes que a “conta chegue” de forma insustentável. Afinal, é necessário trazer resultados nesse meio tempo, com uma solução que para muitos ainda é bastante turva.

Existem também questões legais envolvidas, sobretudo no que diz respeito à propriedade intelectual, a proteção de dados e privacidade e a responsabilidade dos resultados produzidos por tais ferramentas. Apesar disso, o setor de esportes deve, cada vez mais, empregar a tecnologia em aspectos essenciais de suas operações, mesmo ainda distante de atingir o topo do que o mercado de tecnologia esportiva pode nos oferecer.

Compartilhar:

Selecione uma marca para ir ao assunto relacionado:

Marca
Últimas Novidades
Conheça detalhes do Sora, novo projeto da OpenAI que promete ser uma revolução no mercado audiovisual.
Tudo indica que 2024 vai ser um grande ano tanto para a Inteligência Artificial (IA) quanto para a Web3, que é a próxima geração da internet.
Evento Brazilian iGaming Summit - BiS SiGMA Americas chegou a sua terceira edição batendo recorde de público.
Devido a uma "descrença" no sistema financeiro e político do país na última década, algumas pessoas parecem ter visto na criptomoeda uma saída conveniente.
A economia japonesa tem apresentado dificuldades que estão tirando o país da liderança global. Conheça também o novo visto para "nômade digital".
Jogadores estão preferindo jogar games mais antigos de franquias estabelecidas há mais tempo, demonstrando menos interesse em novos títulos.
O domínio do piloto holandês, Max Verstappen, está deixando a categoria do automobilismo mais chata e monótona?
Quais são as 10 pessoas que fazem parte do seleto clube de maiores bilionários do mundo? Veja a lista.